DSC07026
Em Conquista, bancários distribuíram o “pirulito da Fenaban”, representando o reajuste proposto pelos banqueiros

No ano passado, os bancários ficaram nove dias em greve. Agora em 2013, a greve chega hoje (2/10) ao seu 14º dia e os bancários estão prevendo superar a greve de 2011, que chegou a durar 21 dias. O motivo: os banqueiros ainda não responderam às reivindicações da categoria.

De acordo o Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e região, “a última negociação com a Federação Nacional dos Bancos aconteceu em 5 de setembro. No último dia 26, o Comando Nacional dos Bancários enviou carta aos banqueiros cobrando a retomada das discussões. Até o momento, os patrões nada responderam”.

A última proposta de reajuste salarial apresentada pela Fenaban foi de 6,1%. Os bancários reivindicam reajuste salarial de 11,93% (5% de aumento real mais inflação projetada de 6,6%).

Sobre o fim da greve, a categoria é incisiva: “só depende dos patrões”. Em Vitória da Conquista, todas as agências aderiram ao movimento grevista. Na Bahia, são 822 unidades com atendimento suspenso. Em todo o Brasil, são 10.822.

DSC07168

Por conta da greve, tem sido intenso o movimento nos terminais de autoatendimento. Outras opções para quem precisar realizar pagamentos e outras transações são as Lotéricas, os Correios e correspondentes bancários, além de formas de pagamento via internet e telefone.

Confira aqui as reivindicações da categoria.

Deixe uma resposta