Em 1966, Pelé estampou a capa da primeira edição da revista Realidade. Na época, o jogador partia para a Copa do Mundo da Inglaterra em busca do tricampeonato e vestiu o tradicional felpudo chapéu da guarda real para ser fotografado.

Para uma edição especial sobre as Olimpíadas de Londres 2012, a revista Veja recriou a capa com o jogador Neymar vestindo o símbolo britânico. A edição especial de Veja traz todos os detalhes do evento e outros atletas também encarnaram personagens famosos do país da rainha Elizabeth II.

Diego Hypolito virou Harry Potter, Winston Churchill foi encarnado pelo velejador Bruno Prada, Maurren Maggi se vestiu de rainha, a equipe do atletismo reproduziu a famosa capa dos Beatles na avenida Abbey Road, Leandro Guilheiro fez Sherlock Holmes, o jogador de vôlei, Murilo Endres, se tornou James Bond, Anderson Varejão se tornou punk e Fabiana Murer virou a inventora da minissaia Mary Quant.

Há 46 anos, a seleção de Pelé não foi bem na terra do football, mas tomara que a Veja dê sorte e que o Brasil de Neymar conquiste o título inédito de campeão olímpico.

Deixe uma resposta