“Meu primeiro cigarro eu fumei naquela praça”

Diz Gilberto Gil, referindo-se à praça Tancredo Neves, ao relembrar juventude em Vitória da Conquista

Gilberto Gil estava em campanha quando se apresentou, no final de década de 1980, em Vitória da Conquista. O cantor era candidato a vereador em Salvador quando fez um show em praça pública aqui na cidade onde morava o seu pai, o médico Gil Moreira. De lá até ontem, 29 de agosto, ele não havia se apresentado em Conquista. O retorno foi no palco da décima edição do Festival de Inverno Bahia.

O reencontro com o público fez Gilberto Gil relembrar histórias da sua juventude. “Essa terra também é a minha terra”, disse ele, que chegou na cidade no dia anterior. “Quando o avião já estava próximo de pousar, bateu uma saudade. Porque saudade é assim, às vezes bate quando a gente chega, não quando a gente sai. Muitas lembranças, muitas coisas. Um prazer enorme de ter aqui a presença de vocês”, completou agradecendo o convite do evento.

gil 03

Baiano de Salvador, a infância de Gil foi em Ituaçu, a 153 km de Conquista, onde os pais moravam na época do seu nascimento (os pais foram para Salvador quando Gil estava perto de nascer e retornaram para Ituaçu 20 dias após o nascimento). Gil mudou-se para Salvador aos nove anos, em 1951, para estudar o ginásio*. De lá que ele começou a dar seus passos na música.

O doutor Gil Moreira, médico dermatologista, veio para Conquista em 1958, sendo o primeiro médico dessa especialidade na cidade. O pai de Gilberto Gil viveu aqui até a sua morte, em 1991. Apesar de não ter morado em Conquista, Gilberto Gil tem memórias e muito afeto pela cidade. O cantor contou durante o show que passou pelo centro e pela praça Tancredo Neves, recordando um momento emblemático com o seu pai, quando jovem.

“Eu andei pela praça da matriz, lembrei do doutor Hugo Castro Lima que trabalhava com meu pai. Quando eu passei pela praça eu fiquei me lembrando que o primeiro cigarro que eu fumei na minha vida foi ali naquela praça, escondido do meu pai, ‘tomara que meu pai não saiba’, mas contaram pra ele e quando eu cheguei em casa, ele: ‘e aí rapaz, tá fumando, é?’, e eu: ‘me deram um cigarro lá…’ (risos). Coisas de Vitória da Conquista!”

gil 02

Fotos: Ailton Fernandes

Apesar de estar pronto para gravar o dvd “Gilbertos Samba” nos próximos dias 1 e 2 de setembro no Rio, com o repértório do seu mais recente disco, feito em homenagem a João Gilberto e à Bossa Nova, o público do FIB assistiu a um show repleto de antigos sucessos, “as músicas de sempre”, segundo o próprio Gil, como “Vamos Fugir”, “Tempo Rei”, “Drão”, “A Paz”, “Realce”, “Aquele Abraço”, “Palco”, “A Novidade”, “Toda Menina Baiana”, além de um tributo a Bob Marley.

*Informações da biografia disponibilizada no site oficial do artista.

Compartilhe!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *