Jogando bem que mal tem?

Por Indiana Braga

104731

Dizem as ‘más’ línguas que esta Copa já está definida, que o Brasil já está garantido e que ninguém nos tira esse título. Insisto em não querer acreditar, e torço para que o Brasil jogue muito e faça por merecer o Hexa Campeonato Mundial. No entanto, se continuarmos jogando do modo como estamos e, ainda assim, conquistarmos esta taça, vou começar a dar atenção àqueles comentários.

No primeiro tempo do jogo contra o México comecei a achar que havíamos nos encontrado, que a apresentação pouco convincente (apesar dos três gols) no primeiro jogo – contra a Croácia – fora apenas consequência da tensão da estreia, ou da enorme responsabilidade de jogar em casa, ou até mesmo por termos muitos estreantes em Copa do Mundo este ano.

Nossos laterais jogaram muito melhor nesse segundo jogo, com jogadas de efeito tanto de Daniel Alves quanto do ‘azarado’ Marcelo. Aliás, nossa defesa como um todo provou o que já sabíamos: senão totalmente confiável (e aqui refiro-me exclusivamente a Júlio César) mostrou-se consistente, diferentemente do primeiro jogo. O que nossa defesa deixou a desejar no primeiro jogo, nesse foi a vez do ataque. Com pouco volume de jogo, concentração de bola insuficiente e raríssimas jogadas efetivas do nosso meio de campo, Neymar ficou apagado (apesar do louro chamativo em seu cabelo) e Fred, um pouquinho mais visível neste jogo, foi tão ineficiente quanto no outro.

Terminada essa partida comecei a achar que os ‘do contra’, aqueles que estão certos da compra desse título, estariam completamente equivocados e que a nossa chance de deixar a competição ainda na primeira fase não era tão pequena assim. Pensem se o Camarões vencesse o jogo contra a Croácia… A última rodada dessa primeira fase seria uma loucura. O Camarões, embalado pela vitória, viria pra cima da gente com tudo e, se continuássemos atuando da mesma forma que nos outros jogos, não seria difícil acompanharmos o desfecho dessa Copa sem o anfitrião.

Mas, ainda bem que os ‘ventos do destino’ sopraram a nosso favor e a Croácia goleou a seleção de Camarões. Assim sendo, ‘o bicho vai pegar’ entre México e Croácia, com ambos almejando avançar para a próxima fase, e nós vamos ter um jogo teoricamente mais tranquilo contra um Camarões já eliminado da competição (não vou aceitar um jogo morno, muito menos um placar magro).

Agora quanto a esta história de a Copa já estar definida, realmente prefiro não acreditar. Mas, ainda que haja um fundo de verdade nesta informação, o mínimo que eu espero é que a Seleção Brasileira comece a apresentar um bom futebol, ou então vai ser difícil de engolir um título conquistado dessa maneira.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *