Ivete, completamente de Conquista

A cantora, que já é de casa, fez um verdadeiro carnaval na arena do Festival de Inverno Bahia

“Ai, eu não tô nem acreditando”, soltou a jovem Caroline, de 13 anos, logo após passar pela catraca e pela revista na entrada do Festival de Inverno Bahia*. Acompanhada da mãe, a garota estava ansiosa para ver a cantora Ivete Sangalo e parece que, até cruzar a barreira de seguranças, ela ainda não estava confiante que aquela noite seria a sua primeira vez no Festival e em um show da sua cantora preferida.

Caroline entrou, assim como outras 20 mil pessoas, público estimado da primeira noite do Festival de Inverno Bahia. Grande parte desse público estava ali com a mesma intenção da Caroline: ver, ouvir, cantar e dançar com Ivete Sangalo. A cantora já é de casa, se apresenta em Conquista desde o início da banda Eva, mas ontem foi a sua primeira vez no Festival, que chegou à sua 11ª edição nesse ano.

“Eu ficava meio enciumada quando eu via na televisão o Festival de Inverno Bahia e eu não estava, primeiro pela relação que eu tenho com a cidade, tanta coisa boa já aconteceu comigo aqui, o quanto eu já me divertir, momentos muitos especiais na minha carreira e na minha vida. Já vim muitas vezes a Conquista, volto e sou recebida da mesma forma”, enfatizou. “Eu sou uma cantora de muita sorte, é muito bom poder voltar”.

palco1dia ivete

O show foi um verdadeiro carnaval fora de época. Ela trouxe o repertório comemorativo dos seus 20 anos de carreira, portanto, foi um sucesso atrás do outro. “Quando eu saio de casa é pra fechar negócio, não me peça pra pegar leve não”, exclamou, no palco, entre uma música e outra, na mesma batida e empolgação de quando está no comando de um trio elétrico.

Irreverente, Ivete estava super à vontade, fez brincadeiras, piadas e improvisos. “Conquista, hoje eu sou todinha sua!”. Passou pela percussão algumas vezes e, claro, fez o público suar em pleno Festival de Inverno. “Eu sou da área, sou de Vitória da Conquista. Não tem esse negócio de cidade fria, por acaso passa um vento mais frio por aqui, mas o povo daqui é muito quente, já fiz festas incríveis aqui. Eu sabia que ia ser bom, o frio nunca foi um impedimento, a gente esquenta”, disse Ivete em entrevista concedida após a apresentação.

palco1dia ivete3

Na coletiva à imprensa, Ivete também falou sobre o respeito e o carinho que ela tem com os fãs, pessoas como Caroline, que fazem de tudo para sair de casa para vê-la. “Isso foi desenvolvido, nem eu mesma sabia que eu tinha essa capacidade de me relacionar de uma forma tão carinhosa com as pessoas, mas é mútuo, não é uma via única, é o tempo inteiro, é o alicerce que me estimula a continuar a fazer as coisas, eu tenho a mesma vontade de entrar no palco como eu tinha há dez anos ou no início da carreira. Eu estabeleci com as pessoas uma relação de amor e de carinho”, declarou.

“Eu vou nessa que amanhã eu ainda tenho que fazer feijão”, finalizou.

Confira a entrevista na íntegra abaixo (só não repare os balanços e os enquadramentos pós-modernos, a pessoa aqui estava de frente pra Ivete na coletiva e, portanto, nervosa pra caramba, porque eu também sou fã, igual a Caroline)!

*A classificação do Festival esse ano é de 12 anos, acompanhado por responsável; e de 14, sem acompanhante.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *