#FIB2015: despedida foi com mistura de ritmos

“Até o ano que vem, Conquista!” – vibrou o Rogério Flausino, do Jota Quest, antes de terminar o show, já querendo voltar.

001 fib3

Foto: Sercio Freitas

A última noite do Festival de Inverno Bahia foi um caldeirão de ritmos: do forró do Pé de Xote ao arrochanejo de Seu Maxixe, no Barracão; passando pelas batidas eletrônicas dos DJs e pelo pop-rock do Scambo, na Arena Eletro; até chegar ao axé do Adelmo Casé, que fez o som para o público do camarote. No palco principal, a noite começou com o rock do RPM, seguindo com as baladas do Jota Quest e terminando com o sertanejo da dupla Fernando e Sorocaba.

002 fib3

Antes de entrar no palco, o líder do RPM, Paulo Ricardo falou sobre essa mistura: “poder dividir a noite com o Jota Quest e a dupla Fernando e Sorocaba mostra o quanto nós brasileiros somos múltiplos”, disse. No show, o grupo abriu o baú de sucessos com “Loura Gelada”, intercalando novas composições a outros hits obrigatórios: “Revoluções Por Minuto”,  “London, London”, “A Cruz e a Espada”, “Olhar 43″ e  “Alvorada Voraz”.

004 fib3

Já os mineiros do Jota Quest, pela quarta vez no evento, fizeram o público reviver os bailes-black dos anos 70 e 80 com a turnê “Funky Funky Boom Boom”. No repertório não faltaram as canções preferidas do público, como “Dias Melhores”, “Amor Maior”, “Só hoje”, “De Volta ao Planeta dos Macacos” e “As dores do Mundo”, além das novas “Reggae Town” e “Waiting For You (Party On)”.

003 fib3

Fotos: Reprodução/Fanpages Oficiais

Encerrando o Festival, os sertanejos Fernando e Sorocaba trouxeram para Conquista um show cheio de efeitos. Uma mega estrutura e muita tecnologia ajudaram a dupla a fazer uma apresentação interativa, a mesma que eles já levaram para os Estados Unidos, Europa e América Latina, através da turnê “Sinta essa experiência”, que começou a rodar o Brasil no início do ano passado. Clássicos do sertanejo e composições da própria dupla foram acompanhadas em coro pelo público, amante ou não da sofrência ou das modas de viola.

Mais uma vez, o FIB se despediu do público com gostinho de quero mais! Até 2016, Conquista!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *