Coisa de cabra macho

Muito mais que discutir se Lampião foi herói ou bandido, o 3º Congresso Nacional do Cangaço traz para a discussão questões que envolvem representação social, memória, identidade nordestina e sertaneja, masculinidade, participação da mulher, escravidão, cinema, música, religião e outros temas. O evento acontecerá em Vitória da Conquista entre os dias 22 e 25 de outubro no campus da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

O 3º Congresso Nacional do Cangaço tem como tema “Sertões: memórias, deslocamentos e identidades”. Durante a programação, acontecem conferências, mesas-redondas, minicursos, simpósios temáticos, lançamento de livros, mostra de filmes, exposições e atividades culturais.

No dia 22, às 20 horas, a abertura será com a conferência do professor Durval Muniz, da Unicamp, sobre cangaceirismo e masculinidade como definidoras das identidades sertaneja e nordestina.

OS-ÚLTIMOS-CANGACEIROS-21

Filme sobre Moreno e Durvinha será exibido no evento

Entre os filmes que serão exibidos, está o premiado “Os Últimos Cangaceiros”, documentário de Wolney Oliveira lançado em 2011, sobre o casal Moreno e Durvinha que integraram o bando de Lampião. A exibição será na sexta, 25, às 16 horas.

Confira a programação completa no site do evento: uesb.br/eventos/cangaco2013.

A realização do Congresso é da Sociedade Brasileira dos Estudos do Cangaço (SBEC) e da Uesb, com apoio da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista,
Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e do Instituto Federal da Bahia (Ifba).

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *