“Agora eu tenho minha casinha”

“Passei 40 anos pagando aluguel, agora eu tenho minha casinha”, comemorou a senhora Elvira de Oliveira, de 94 anos, após receber das mãos da presidente Dilma Rousseff a chave do seu apartamento no Residencial Acácia, em Vitória da Conquista, nesta terça, 15 de outubro.

Untitled-2 copy

Ela mora com a sua filha mais velha, vive com uma aposentadoria e pagava R$ 350 de aluguel, agora ela vai ser a moradora mais idosa das 1.740 unidades habitacionais construídas através do programa do governo federal “Minha Casa, Minha Vida”, no bairro Senhorinha Cairo. Dona Elvira, assim como os demais contemplados, irá pagar entre R$ 25 e R$ 80 durante 10 anos e será dona de um imóvel com valor médio de R$ 55 mil. Além da chave da sua nova casa, ela recebeu o cartão do programa “Minha Casa Melhor”.

BWn0oQ_CcAETijd

Fotos: Assessoria da Presidência

Em seu discurso, a presidente Dilma falou que reconhece a importância daquele momento para todos que estavam recebendo a sua casa e que, por conta disso, o programa “Minha Casa, Minha Vida” só tem crescido. “Quando nós lançamos o plano, em 2009, nós falamos que iríamos fazer um milhão de moradias e muita gente disse que a gente não ia fazer, que o programa não era para valer, que tínhamos lançado só para enganar e que não ía dar certo. Agora, avaliamos e vamos garantir, até 2014, 2 milhões e 750 mil casas pelo programa e já vamos deixar pronto para quem vier depois de mim um novo plano com viabilidade para ser executado”, disse Dilma.

“Ter seu próprio ninho, sua própria casa, é a condição primeira para ter cidadania e dignidade”, acrescentou o governador Jaques Wagner. “Isso aqui é um programa social, feito com o dinheiro do povo brasileiro através da Caixa, então essa casa é para quem precisa, não é pra esperto, tem esperto que entra para fazer negócio e, tanto faz se é pobre ou rico, se andar fora da linha, ‘vai cair no cacete'”, alertou o governador.

O representante da associação de moradores, Idelzito Rocha, destacou os avanços sociais do governo: “nosso país foi construído ao longo de décadas deixando de lado os pobres. Hoje existe um canal de diálogo com os movimentos sociais e estamos enfrentando esse problema de concentração de renda, com um governo fruto de lutas sociais que nos presenteia com um programa como esse”.

“Vivemos em um país da construção de direitos. Direitos de todos. Esse programa é um exemplo disso. Quem vem morar nesses condomínios tem a responsabilidade de transformar essa reunião de famílias em uma comunidade. Portanto, para viver em paz em sua casa é preciso participar da vida da comunidade, ir para os conselhos, discutir os problemas da violência, do transporte, da iluminação, da saúde, da educação, porque é muito fácil apontar defeitos, o importante é construir soluções e construir de forma coletiva”, declarou o prefeito Guilherme Menezes.

O deputado federal Waldenor Pereira também comemorou: “estou muito orgulhoso em fazer parte desse projeto político por ter priorizado quem mais precisa e ter trabalhado muito pelas populações de baixa renda e este programa, entre outros programas sociais, se destaca por esta característica de gerar renda, emprego e melhorar a qualidade de vida do nosso povo”.

ETO8171-Editar

As unidades entregues hoje pela presidente beneficiam cerca de 7 mil pessoas, com investimento total de R$ 96,6 milhões.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *